quinta-feira, 29 de julho de 2010

Que saudades dos tempos que naum voltam mais!!!


Às vezes me pego pensando, porque uma admiradora de crochê, como eu, perdeu tantos anos sem a determinação de aprender o crochê... cresci vendo muitas mulheres da família crochetar, quando criança e adolescente,  eu tinha bolsa, vestido, saia, biquini, golinhas nos vestidos, uma infinidade de peças... outro dia achei até um suspensório! Tudo que hoje é moda, já foi moda no meu tempo de criança/adolescente. Crochê é mesmo atemporal!
Tinha uma tia, que trabalhava maravilhosamente bem em crochê, como lamento de naum ter- me aproveitado dela, no bom sentido, para perpertuar seus pontos... uma vez aprendido, passaria para outras, membras ou naum da família... mas, na época só admirava, queria ter coisas feitas por ela, naum me interessava em aprender ou fazer, achava difícil demais! Olhava, olhava, e naum entendia como surgia as peças primorosas da Tia Leontina. Ainda guardo comigo alguns de seus trabalhos, com bem mais de 30 anos, perfeitos... qualquer tempo vou colocá-los aqui, um por vez.
Hoje, tento me arriscar com algumas coisinhas, e sabe que tem gente na família que aprecia, elogia e até me pede que faça pra si... aconteceu com esses panos de prato.  É bem ao estilo da vovó... eu amooooo, mistura ponto cruz e crochê. Se alguma amiga se interessar posto os gráficos.

É um trio, um deles foi usado, está sendo lavado... numa outra ocasião eu posto.

Mais de pertinho...

Dos três, na minha opinião, esse é o mais graciosinho.
Detalhe da barrinha

Para cada um, uma barrinha diferente.

*Trabalhos copiados da Revista Agulha de Ouro

Um comentário:

Roberta Crochê e Cia disse...

Amiga, tem um selinho te esperando em meu blog
Passa lá pra pegar querida.
http://robertacrocheecia.blogspot.com/2010/07/mais-um-selinho_31.html
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...